Skip to content

LITOTRIPS

27, abril 2017

Litotrips® é o primeiro suplemento alimentar à base de citrato de potássio, fabricado no Brasil. Um produto inovador dentro da indústria de suplementos alimentares.

Por se tratar de um alimento, o Litotrips®  poderá ser prescrito tanto por médicos quanto por nutricionistas.

FUNÇÕES DO CITRATO DE POTÁSSIO:

 

 

A carga alcalina produzida pelo metabolismo do citrato de potássio incrementa o pH da urina e a eliminação do citrato urinário sem modificar o citrato sérico não filtrável.

O citrato urinário e o pH elevado diminuem a atividade dos íons cálcio, o que aumenta a formação de complexos de cálcio com ânions dissociados e diminui a saturação de oxalato de cálcio.

O citrato de potássio também inibe a cristalização e nucleação espontânea do oxalato de cálcio e o fosfato de cálcio na nefrolitíase cálcica hipocitratúrica.

Sua ação como alcalinizante sistêmico deve-se ao aumento do bicarbonato plasmático, que neutraliza o excesso de íons de hidrogênio e eleva o pH do sangue, invertendo as manifestações clínicas da acidose.

Da mesma forma age para neutralizar o ácido clorídrico gástrico. O citrato de potássio transforma-se em bicarbonato no organismo e é eliminado por via renal.

 
 
APRESENTAÇÃO DO PRODUTO
Frascos com 60 cápsulas de 600mg
litotrips

Litotrips®

DADOS SOBRE LITÍASE RENAL:

Desde a mais remota antiguidade, a litíase renal ou as pedras nos rins causam sofrimento ao ser humano. Há quatro milênios antes de Cristo, passando pela Grécia e Roma antigas, os médicos já descreviam casos de cálculos. Foram encontradas múmias egípcias, em El Amrah, datadas de 4800 a.C com cálculo renal. A incidência de litíase urinária tem aumentado nos países industrializados nas últimas décadas, estimando-se que aos 70 anos entre 5-15% da população terá gerado pelo menos um cálculo.

Atualmente somente as doenças da próstata e infecções urinárias são mais frequentes que os cálculos. Deve-se salientar que 12 % dos homens e 5% das mulheres, algum dia irá apresentar um episódio de cálculo, predominando na terceira e quarta décadas de vida. Fatores geográficos contribuem para o aparecimento de cálculos. Áreas de temperaturas elevadas e com grande umidade são predisponentes à formação de pedras, sendo observados muitos casos durante os meses quentes de verão devido ao maior grau de desidratação.

O tipo mais comum de cálculo em países industrializados contém, principalmente, oxalato de cálcio isolado ou em combinação com hidroxiapatita. Os cálculos, que tem cálcio em sua constituição, respondem por 85% dos cálculos renais; os restantes dos 15% são cálculos de ácido úrico, cistina, estruvita ou cálculos de infecção.

O consumo excessivo de cálcio pode provocar hipercalciúria, porém dietas pobres em cálcio também o podem, por que aumenta a absorção intestinal de oxalatos e a produção de calcitriol. Redução no volume urinário também promove acréscimo na incidência, devido à supersaturação urinária. O cálcio absorvido em excesso pelo intestino é excretado pelos rins, causando nefrolitíase e nefrocalcinose.

A hipercalciúria primária ocorre em 5 a 10% da população geral e é mais comumente diagnosticada em portadores de litíase urinária, hematúria ou osteoporose.  Alterações no transporte intestinal, renal ou ósseo são causadas por várias combinações de mutações genéticas e de hábitos alimentares.

A dieta alimentar é muito importante na prevenção da litíase urinária, ações como a redução da ingestão de sódio, proteína animal e cálcio e maior ingestão de líquido diminui o aparecimento de cálculos renais. A restrição de sódio também reduz a excreção urinária de cálcio aumentando assim a atividade inibidora da cristalização de oxalato cálcico. Em alguns estudos, o tratamento com ortofosfato reduz a taxa de formação de novos cálculos em 90%.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: